Interfice errorem, diligere errantem

rega

Projecto de aplicação em Internet para apoio à decisão na rega por gravidade

  

Projecto de aplicação em Internet para apoio à decisão na rega por gravidade. 

 

André Pereira Muga

Centro de Estudos de Engenharia Rural (CEER)

Instituto Superior de Agronomia, Universidade Técnica de Lisboa (ISA/UTL), 1349-017 Lisboa

apmuga@apmuga.com

 

José Manuel Gonçalves

Centro de Estudos de Engenharia Rural,

ISA/UTL, 1349-017 Lisboa

Escola Superior Agrária de Coimbra, 3040-316 Coimbra

RESUMO

Foi desenvolvido e aplicado em diversos países um sistema de apoio à decisão baseado numa aplicação cliente-servidor, intitulado SADREG para apoiar agricultores, técnicos e gestores. O carácter stand-alone da aplicação actual limita o seu uso, surgindo a aplicação pela Internet como uma via de disponibilização eficiente da aplicação para um alargado número de utilizadores, em especial nas áreas do globo menos desenvolvidas e de maior escassez de água. Apresenta-se um projecto de concepção da aplicação para Internet descrevendo-se a estratégia e os procedimentos de desenvolvimento. Será constituída por dois módulos, a aplicação Web e o motor de simulação. O desenvolvimento será realizado utilizando a Framework .Net da Microsoft, permitindo um alto reaproveitamento do código já existente. Nas bases de dados operacionais e de simulação será utilizado o SQLServer permitindo concorrência entre os vários utilizadores em ligação simultânea. O sistema disponiliza também uma interface WebService para integração com outros sistemas e uma interface Web reduzida para uso em sistemas portáveis e limitados, como PDA, para um uso prático no terreno.

PALAVRAS-CHAVE

Sistema de apoio à decisão; rega por gravidade; aplicação para Internet no projecto de rega.

1 – INTRODUÇÃO

Os sistemas de rega por gravidade são usados em muitos países, principalmente nas áreas tradicionais da prática do regadio, a qual compreende à escala global mais de 90% da área regada. O desempenho destes sistemas depende de diversos factores, tais como a infiltrabilidade do solo, o nivelamento de terras, a dimensão e declive das parcelas, o sistema de distribuição de água, a frequência das regas e os caudais aplicados. A variedade de aspectos que determinam o desempenho dos sistemas torna o projecto da rega num processo algo complexo em que a experiência e conhecimento dos agricultores frequentemente não permite solucionar eficazmente os problemas. Esta complexidade torna os problemas adequados para aplicar análise multicritério na selecção das alternativas, quando se pretende poupar água e incrementar a sua produtividade, respeitando critérios económicos e ambientais. Foi desenvolvido um sistema de apoio à decisão (SAD), baseado numa aplicação cliente-servidor, para o projecto e planeamento de rega por gravidade, intitulado SADREG (Gonçalves et al. 2006a; 2007), para apoiar agricultores, técnicos e gestores, alargando o leque de soluções em análise e aprofundando a sua avaliação através do recurso a base de dados e a modelos de simulação matemática. Este sistema foi testado e aplicado em diversos países e para uma variedade de métodos e práticas, em diversas condições económicas e ambientais.

O carácter stand-alone da aplicação informática actual limita o seu uso, surgindo a aplicação pela Internet como uma via de disponibilização eficiente duma aplicação informática que se reveste de grande interesse prático. Os potenciais utilizadores são agricultores e técnicos agrícolas responsáveis no âmbito de estudos de modernização do regadio, em planeamento e projecto agrícola, e responsáveis pela gestão da água em empreendimentos colectivos de distribuição, em especial nas áreas do globo menos desenvolvidas e de maior escassez de água. A aplicação em Internet permite disponibilizar o SAD através das suas bases de dados e de modelos de simulação, facilitando a partilha de informação. O objectivo desta comunicação é apresentar um projecto de concepção duma aplicação informática para colocar o SADREG na Internet, descrevendo a estratégia e os procedimentos de desenvolvimento. E também uma proposta dos procedimentos para a implementação e manutenção desta aplicação e o apoio aos utilizadores. Continue reading